Setembro Amarelo

9:09 AM

Olá lindas(os)!
Vamos falar sobre um tema que precisa ser abordado com muita delicadeza e amor... O Setembro Amarelo é o mês de combate ao suícido...
A pessoa que criou tal, é genial... Ainda existem muitos tabus, além dos transtornos psicológicos. Mas, esse avanço significa que o ser humano está tentando mudar. Tentando ajudar o seu próximo, ainda que seja pouco, mas significa muito para aquele seu amigo ou aquele desconhecido que tanto precisa...

Continue lendo o post...



A correria do dia a dia nos impulsiona a ver o superficial o que está ao ao nosso redor, o estresse da cidade, as contas e tudo o que faz parte de tantas outras
 responsabilidades, ocupando nossa paciência e/ou nossa mente, nos deixando perceptíveis ou suscetíveis aos problemas que afligem nossa mente. Desligando- nos de quem mais amamos...

UMA PALAVRA PARA FAZER DIFERENÇA!

Não importa se você é amigo, namorado, irmã, tia... Uma palavra ajuda o dia de alguém. Quem sofre não quer ser incomodado, não quer ser pressionado e tampouco, levado a fazer o que não quer... Quem sofre precisa de um sorriso ou de um abraço, de uma palavra ou de conselho.

Quem está sob a margem disto, não quer contar e sim, isolar -se de tudo o que faz bem.
Se tudo o que gosta já não fizer mais sentindo: Algo pode estar errado. A vida nos leva a pensar o que existe e até o que não existe.

Todos passamos por problemas, alguns saem deles com vitória e outros permanecem, a mente é um jogo onde ou você luta para sair ou ela te convence a ficar. E os argumentos dela, na perspectiva de quem os vive, são os mais plausíveis e isto já basta e a mente venceu/uma razão mal formulada do sentido da vida e por pouco o mundo se vai.

Acabar com a dor, com o sofrimento que a própia mente cria não é fácil. Nem todos terão essa sorte de estar com alguém... Amar é estar perto disto, é orientar e ajudar. Um profissional sabe, cientificamente, como mudar isso e como tratar seu paciente. Mas, o amor e o apoio não são dados por um especialista, por isso não adianta levar seu filho/amigo/neto à um especialista. Ele só irá conversar com base no que lhe foi orientado a fazer. 
Tratamentos para estes casos são um conjunto, onde um time inteiro é mais eficaz que um sozinho. 

ACREDITE: Um tratamento especializado é só um complemento, o principal está no seio familiar, circulo de amizades e etc.

A o pessoa que está nesta situação não é fraco, é tão forte quanto. Teorias e dores se formam e só podem ser excluídas, por si própio. Amar o outro e ajudá-lo a se amar. Como uma orquestra, onde todos os instrumentos devem estar combinados para uma harmonia perfeita.
Não existe apoio sem médico e não existe médico sem apoio, pense bem...

O QUE POSSO FAZER?

OLHE ao seu redor, abra sua mente, busque junto com a pessoa tudo o que for preciso. Aprenda que em seu dia a dia, existem outros problemas e outras pessoas. Ame o próximo, as vezes, um desconhecido na rua só precisa de um "bom dia" para ficar feliz, um morador de rua, de um sorriso. Ninguém sabe o que se passa na mente do outro.
Lembre-se nosso mundo pessoal, apenas é nosso... Ninguém sabe de nada, o caos é criado por nossas mente e o jogo, também.

Quem vencer está mais apto à perder... Por si própio e o seu mundo, por falta de ajuda e de atenção.
Por isso, AME E DESEJE, CUIDE E SORRIA, TENHA PACIÊNCIA E SEMPRE ESTEJA DISPOSTO A OUVIR.

Todos passamos por problemas... Todos temos dias bons e ruins, as palavras tem um poder imenso.
O de salvar uma vida, por exemplo.
Troque uma palavra ruim por um elogio e você estará sendo um herói na vida de alguém!

Snap: luendagsilva
Instagram: @luhgsilva


Este Post / Vídeo faz parte da Blogagem Coletiva – Setembro Amarelo.
 Visitem também os outros blogs e canais participantes. 
Tati  –  Blog   Canal 

You Might Also Like

10 comentários

  1. Olá!
    Concordo com você temos que nos importar com o sentimento de quem está ao nosso redor. Não podemos simplesmente tapar os olhoa e fingir que não vemos.
    Belo post.
    Beijos.

    www.meumundosecreto.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, pouco a pouco vamos percebendo. Mas, antes melhor que tarde demais...

      Beijos!

      Excluir
  2. Luh, parece que num mundo onde tudo é tão corrido, as pessoas não olham mais em volta e não tem tempo para o outro... vamos mudar isto!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Temos que mudar isso, alías devemos...
      Doar-se para alguém dura pouco e o retorno, no futuro, é o melhor...

      Beijo!

      Excluir
  3. Luh é bem assim mesmo viu, eu já tive fases ruins da minha vida que se não fosse pessoas para me ajudar nem sei se daria conta. Precisamos sempre uns dos outros beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre temos que estar perto das pessoas, todos passamos por fases díficil. A dpiferença é como, com quem e como vamos lidar com isto!
      Beijos!

      Excluir
  4. As pessoas estão cada vez mais 'egoístas' e a correria do dia a dia acaba ajudando nisso. Muitas vezes passamos e nem olhamos pro nosso próximo, e muitas vezes, mesmo vendo fingimos que não existe.

    Mas aos poucos alguns vão percebendo e notando, né!

    Beijos da Tay
    http://taytoledo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse "fungir não se importar" ainda é algo que deixa muitas que precisam infelizes e isso reflete no próprio, futuramente!
      Beijos!

      Excluir
  5. Adorei seu blog já havia visitado antes, menina você tem talento em é impressionante o seu poder em criar conteúdos maravilhosos e de qualidade. Adorei o dica do Setembro Aamarelo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu dia ficou mais feliz com esse comentário, obrigada pelo carinho <3

      Um beijo! <3

      Excluir

Obrigada por comentar! <3